sábado, 19 de dezembro de 2015

Quem é? Quem foi? Paulo Frontin

Para muitos mogianos só conhecem como a Rua Paulo Frontin que se localiza na área central do nosso município. Mais quem é? E como foi sua  trajetória poucos sabem

André Gustavo Paulo de Frontin foi um dos grandes e principais engenheiros do Brasil além de Senador e Prefeito da cidade do Rio de Janeiro. Nasceu em 17 de setembro de 1860, na cidade do Rio de Janeiro. Aos 19 anos recebeu o prêmio pela Escola Politécnica do Rio de Janeiro quando se formou engenheiro, aos 20 anos recebeu carta de bacharel de ciências físicas e matemáticas e engenharia de minas e aos 22 anos foi nomeado lente catedrático de máquina a vapor.

 Trem suburbano chegando a Mogi das Cruzes, provavelmente em 1920. Acervo  Benedicto Alves dos Anjos

Em 1910 foi nomeado Diretor da Estrada de Ferro Central do Brasil. Nessa mesma época com administração do prefeito Tenente Manoel Alves dos Anjos, enviou um requerimento para aumentar a circulação dos trens de subúrbio para Mogi das Cruzes. 

Em 1913 esse recorte de jornal diz bem como foi recebido o engenheiro em nossa cidade
Foto - Correio Paulistano de 1913

Como um grande engenheiro e construtor da sua época vez diversas obras quando exercia a função da administração municipal do Rio de Janeiro a suas grandes obras foi duplicar a Avenida Atlântica, construiu a Avenida Rio comprido na qual foi batizada em seu nome pela homenagem ao homem que dedicou a sua vida em prol do desenvolvimento e progresso por onde passou e construiu. 
Faleceu em 15 de fevereiro de 1933


quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Huber-Warco do Brasil S. A

Em 1957, era fundada a Huber-Warco do Brasil S. A.no distrito de Cesar de Souza em 1960, inaugurou a unidade fabril no município de Mogi das Cruzes, apresentando a primeira motoniveladora nacional, o modelo 10-D. Posteriormente, a empresa foi adquirida pelo Grupo Mozer (em 1969) e em seguida pela Dresser Industries (em 1975), que desde então, passou a fabricar em nosso país, guindastes móveis e retroescavadeira.

Em outubro de 1976, a Huber-Warco do Brasil S. A. Indústria e Comércio é incorporada pela Dresser.


Construção da Industria

Já em fase de produção
Inauguração


                                   Fonte: http://hm-museum.blogspot.com.br
Contato para outras informações
redescobrindoaltotiete@gmail.com
Lembrando que temos o nosso grupo Facebook

quinta-feira, 16 de julho de 2015

16 de Julho - Nossa Senhora do Carmo


A história da Província Carmelitana de Santo Elias (Ordem do Carmo) confunde-se com a própria história da cidade.
Foi a primeira ordem religiosa que aqui chegou, no começo do séc. XVII.
Em 1627 instalaram em Sabaúna uma fazenda para a provisão do Convento que estava sendo construído no centro ( atual igreja da Ordem 1ª).
À partir do Convento, construíram capelas no locais mais distantes da cidade, como em: Santo Alberto, na serra do Itapety, Santo Ângelo, em Jundiapeba e diversos locais da então Vila.
O Museu da Arte Sacra - MIC- guarda um acervo do mais importantes do país, relíquias, imagens, pinturas e esculturas.

Telefone para contato (11) 4799-3320 (11) 4799-5438

Texto:Luiz Miguel Baida


redescobrindoaltotiete@gmail.com

Lembrando que temos o nosso grupo Facebook

sábado, 4 de abril de 2015

Empreza Funerária - 1934


A "EmpreZa Funerária" era na rua José Bonifácio.

Foto - (Gogelis, 1934) - Memória fotográfica de Mogi - Grinberg



Há 81 anos, o transporte funerário de luxo em Mogi,nessa época era da família Pereira, depois os pais do Mauro compraram a funerária e monopolizaram o "setor' por muitas décadas.Essa funerária era de propriedade do Sr Adolfo Pereira, muito tempo foi administrada pela sua mãe dona Leonor Pereira Chaves Pereira e ficava na Rua José Bonifácio esquina com a rua Cel.Moreira da Glória.Posteriormente foi vendida para o Sr,Mauro Chagas de Macedo. Figura simpática que trabalhava na funerária era o sr.Martinho que também tocava tuba na banda Santa Cecília.

Nessa época, o velório era neste local mesmo, depois mudou para o imóvel ao lado, esquina da Moreira da Glória (onde funcionou por muito tempo, uma loja de enxovais). Depois daí, foi transferida para um sobrado no Largo da Matriz, onde hoje é a Minimaq e por último o Casarão do Carmo, antes de ser construído o atual.E para aquelas pessoas que não tinham bens de riqueza ou não era associado  era velada em casa e algumas pessoas nas igrejas, quando pertenciam a uma irmandade, até agora é assim em muitos locais. Mais o respeito era maior aos falecidos nessa época.
Texto retirado do Grupo Fotos Antigas do Alto Tietê

redescobrindoaltotiete@gmail.com
Lembrando que temos o nosso grupo Facebook


quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Museu de Céu Aberto

Nós do Grupo Foto Antigas do Alto Tietê o blog Redescobrindo o Alto Tietê e do grupo de artistas do Frontíspicio das Artes iremos começar um novo projeto Museu de Céu Aberto com pinturas sobre a cidade de Mogi das Cruzes  iniciaremos com a parede do nosso parceiro Pizzaria Imperatore Mogi agora precisamos saber qual fotografia merece ser pintada.

Opção 1
 Opção 2

Opção 3                                                                                                                                               
Opção 4                                                                                                                                        



Deixem seus comentários
redescobrindoaltotiete@gmail.com
Lembrando que temos o nosso grupo Facebook


" Da janela frontal da sala de visitas - Rua Navajas " - 2018

A paisagem proposta pelo prefeito Marcos Mello, em janeiro deste ano, em entrevista ao jornal o Diário de Mogi - "A verticalização do...